Quando terminei as primeiras 100 tirinhas de “A vida amorosa de Pyvo”, no final de 2015, não esperava que fosse voltar a publicar nada mais com o personagem.

Não tive nenhuma grande pretensão com esse retorno. Apenas nunca parei de escrever e nunca parei de ter idéias. Quando conheci essa nova tendência do humor depressivo, tão comum em séries e filmes dos últimos dois ou três anos, fui instintivamente me voltando a isso. Quando dei por mim, já tinha material suficiente para uma terceira temporada das tirinhas.

Novamente, não tenho e nem nunca tive maiores pretensões com este material e este personagem. Tomo mais esta temporada como uma grande diversão e aprendizado.

Espero que os fãs e seguidores deste humilde projeto tenham se divertido tanto quanto eu ao fazê-lo. Muito obrigado por todas as mensagens carinhosas e incentivos.

Não há planos de retornar com o personagem.

E, como da última vez:

Todas as tirinhas ainda estarão disponíveis aqui, nesta página. É só navegar e se divertir (ou não).
A quem interessar possa, continuo escrevendo no meu blog particular: http://blog.paulovelho.com.br/
Quando eu estrear novos projetos, também passo aqui para anunciar.

E quem sabe o Pyvo não retorna em ocasiões aleatórias com alguma tirinha solta também?

Muito obrigado mesmo!

 

 

 

Abraços,

Paulo Henrique Martins